Share |

Bloco preocupado com a existência de bactérias multirresistentes no Rio Ave

O Bloco de Esquerda teve conhecimento que uma investigação do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e da Universidade de Friburgo, identificou quatro bactérias multirresistentes no Rio Ave de elevada perigosidade, evidenciando um enorme risco para a saúde pública.

As bactérias podem ter sido enriquecidas por poluentes químicos presentes no rio. De acordo com um responsável da equipa, as causas ainda não são conhecidas, mas é necessário identificar as fontes emissoras diretas das bactérias e os poluentes que geraram a evolução das bactérias no rio.

A recolha de amostras de água foi feita em seis pontos do rio Ave, desde a nascente até um troço abaixo de Santo Tirso de diversas estirpes multirresistentes num pequeno volume de água (200 mililitros), recolhido num açude em Azenha Velha, em Riba D'Ave, no concelho de Vila Nova de Famalicão.

No sentido de um maior e melhor conhecimento sobre a descoberta das referidas bactérias e como evitar que causem danos na saúde pública, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda requereu,com caráter de urgência, a audição da equipa de investigação responsável pela identificação de bactérias multirresistentes no Rio Ave na Comissão Parlamentar de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação. A votação deste requerimento está agendada para a próxima quarta-feira de manhã.

A Coordenadora Concelhia do BE manifesta muita preocupação com a descoberta destas bactérias assim como as consequências que podem ter para a saúde dos famalicenses. Solicitamos à Câmara Municipal que acompanhe esta situação, informando e alertando os munícipes para os problemas que tais bactérias podem causar, assim como exigimos que a Câmara Municipal, no âmbito das suas competências, tome medidas no sentido de impedir, identificar e punir aqueles que continuam a poluir o Nosso Rio através de descargas de materiais poluentes em ribeiros, afluentes e no leito do rio.