Share |

Demagogia e populismo da Câmara de Famalicão no anúncio de apoios às freguesias

Nota de Imprensa

O Bloco de Esquerda foi surpreendido ontem com o anúncio que a Câmara Municipal vai “dar” 25 mil euros a cada uma das 49 freguesias do concelho, num total próximo de um milhão de euros.

Nada disto seria de estranhar, se tal verba estivesse inscrita no orçamento para 2013 e não fosse anunciado numa ceia de Reis, um repasto onde presidente, vereadores, presidentes de junta e esposas devem ter confraternizado à custa do erário publico.

Durante a discussão do orçamento para 2013, o Bloco de Esquerda tinha denunciado o cariz eleitoralista do documento, pelas obras e promessas que contém. Nada levaria a crer que, passados apenas 15 dias em que Armindo Costa não foi capaz de explicar onde se vão gastar milhões de euros que constam do orçamento na rubrica “outros” (autêntico “saco azul”), venha agora, fazer este anúncio. O qual vem confirmar aquilo que o BE denunciou aquando da discussão do plano e orçamento para 2013, que seria de autêntica campanha e obras eleitoralistas.

Nada nos move contra o apoio que a Câmara dá às freguesias, aliás até entendemos que poderia ser maior. Aquilo que o Bloco de Esquerda não pode é deixar de alertar os famalicenses para esta demagogia barata e populista, pois, se este apoio fosse sincero, teria integrado já o orçamento para 2013, acabado de ser discutido e votado no passado dia 21 de Dezembro.

Para o Bloco de Esquerda, a transparência e a honestidade política são fundamentais para o bom funcionamento da democracia.

 

09 de Janeiro de 2013

 

A Coordenadora Concelhia