Share |

Plenário Bloquista reuniu para analisar Eleições Autárquicas

A Coordenadora Concelhia do Bloco de Esquerda reuniu no passado sábado com os aderentes e independentes que integraram as listas do BE às últimas eleições autárquicas com vista a analisar os resultados eleitorais, bem como perspectivar o seu trabalho futuro.

Desse debate, os presentes concluíram que os resultados da candidatura do BE no concelho de V. N. de Famalicão, ficaram aquém das expectativas, não tendo a candidatura conseguido os objectivos a que se proponha, que passavam por aumentar a votação e conseguir manter os dois deputados municipais que tinha na Assembleia Municipal.

Tal resultado deveu-se, na opinião maioritária dos participantes na reunião, à bipolarização criada entre as candidaturas do PS e da coligação PSD/CDS, levando a que muitos eleitores privilegiassem o voto útil, bem como a um aumento significativo da abstenção, votos brancos e votos nulos.

O BE, sendo um partido jovem (14 anos) e não tendo ainda as estruturas e meios que outros partidos com dezenas de anos têm, tem tido dificuldade em conseguir fazer chegar a sua mensagem a um maior número de famalicenses.

Não sendo os resultados alcançados os pretendidos, apesar disso o Bloco conseguiu manter a sua representação na A.M., que não deixa de ser um facto de realce, tendo em conta a redução do número de deputados provocada pela extinção de muitas freguesias no concelho.

O Bloco de Esquerda de V. N. de Famalicão continuará empenhado no desenvolvimento do concelho e continuará a ser uma oposição construtiva e empenhada em contribuir para a concretização das propostas que apresentou aos famalicenses. Continuará a lutar pelo rigor e transparência no funcionamento das instituições públicas.

Os seus aderente e simpatizantes continuarão atentos e empenhados em encontrar respostas à emergência social e às situações das pessoas que passam maiores necessidades em resultado das cada vez mais gravosas medidas de austeridade.

A organização concelhia do BE considera que, apesar do resultado obtido, saiu reforçada em termo organizativos, pois conseguiu atrair mais aderentes e hoje há mais gente disposta a continuar a luta contra esta politica de austeridade e pelo reforço e organização do Bloco de Esquerda.