Share |

BE reuniu com Comissão de Utentes de Fradelos

Na passada semana, a Coordenadora Concelhia do Bloco de Esquerda reuniu com a recém-formada Comissão de Utentes de Saúde da freguesia de Fradelos. Esta audiência enquadra-se no acompanhamento que o BE tem vindo a fazer de todo o processo de alterações nas extensões de saúde no concelho de V. N. de Famalicão, em que houve já reuniões com outras comissões de utentes. No caso de Fradelos, acontece no seguimento de manifestações da população em descontentamento para com a médica daquela extensão de saúde.

Segundo informações da comissão de utentes, a referida médica deixou já de exercer funções em Fradelos, encontrando-se agora a extensão de saúde sem qualquer médico, obrigando a que os utentes de Fradelos tenham que se deslocar ao Centro de Saúde de Famalicão.

A comissão de utentes de Fradelos informou o BE das diligências que tem vindo a levar a cabo e que têm com objetivo assegurar a prestação dos serviços primários de saúde em Fradelos, de uma forma estável e duradoura. José Luís Araújo, coordenador concelhio do BE manifestou o apoio do partido à luta da população pelo seu legítimo direito ao acesso a estes serviços de saúde de proximidade, registando ainda a dinâmica e capacidade de ação manifestada pela Comissão de Utentes de Saúde de Fradelos.

Para o Bloco de Esquerda, é extremamente preocupante que um serviço tão necessário como os cuidados de saúde primários estejam a ser afastados de populações de vários pontos do nosso concelho, nomeadamente em Sezures e Arnoso, em que é ainda mais afetada a população idosa e cada vez mais necessitada em virtude da crise que atravessamos. No caso de Fradelos, acresce a isto a dimensão da freguesia, quer em área, quer em número de utentes, (cerca de 2000 mas com tendência para aumentar em virtude do aumento da população) e ainda a sua posição geográfica, num extremo do concelho.