Share |

Bloco reúne com a direção da ACT Famalicão

O deputado do Bloco de Esquerda eleito pelo circulo de Braga, Pedro Soares, acompanhado por outros dirigentes do BE, estiveram reunidos, na tarde desta segunda-feira, com a direção do Centro Local do Ave da Autoridade para as Condições de Trabalho, em Famalicão. Em discussão, entre outros assuntos, está a situação na empresa Campos & Campos.

 

Em declarações à imprensa o final do encontro, Pedro Soares referiu que esta reunião permitiu traçar o panorama global da situação no concelho, destacando “a desregulação do tempo de trabalho” e “o crescimento de formas de trabalho não declarado” como os principais problemas laborais que Vila Nova de Famalicão enfrenta. Apesar de ter havido uma diminuição dos acidentes de trabalho, a saúde e segurança no local de trabalho continua a ser uma área que a ACT tem apostado, tendo desenvolvido ações de formação para empresas em conjunto com a Universidade do Minho.

 

Sobre a situação na empresa Campos & Campos, que acumula processos em tribunal interpostos por trabalhadores com salários em atraso, a ACT reconhece que é uma empresa problemática desde 2015, quando foram identificadas formas de trabalho não declarado. Em 2016, começaram a chegar denúncias de salários em atraso. Para Pedro Soares, “é importante que a ACT mantenha uma forte pressão nesta empresa, uma vez que não podemos compactuar com a aparente gestão danosa que o conhecido piloto Miguel Campos tem vindo a fazer, colocando em causa a sobrevivência de algumas famílias”.