Share |

Solidariedade com trabalhadores dos Transportes Nogueira

José Luís Araújo em representação do Bloco manifestou presencialmente a sua solidariedade para com estes trabalhadores

Na passada quinta feira dia 9, o Bloco de Esquerda de V. N. de Famalicão reuniu com os trabalhadores dos Transportes Nogueira que se mantiveram toda a semana em greve à entrada da empresa.

José Luís Araújo, o coordenador concelhio do BE ouviu dos trabalhadores as razões que os levaram a decidir por esta forma de luta e que se devem, principalmente à intransigência da administração da empresa em negociar o contrato coletivo de trabalho, a pressões que a empresa tenha vindo a exercer sobre os trabalhadores e ainda o facto de não serem devidamente discriminadas nos recibos de vencimento a diferentes rubricas de abonos. Também a formação dos trabalhadores é feita fora do horário de trabalho e à custa do trabalhador.

O Bloco de Esquerda considera muito preocupante que uma empresa inclua diferentes abonos em ajudas de custo, por impedir uma correta verificação por parte do trabalhador e ainda por ser suscetível de levantar dúvidas de que o Estado possa estar a ser lesado por uma eventual cobrança incorreta de impostos.

A situação destes trabalhadores e de outras empresas do setor, é bem revelador de que a austeridade e todas as medidas deste governo fazem com que sejam sempre os trabalhadores a sofrer as consequências de uma crise que foi provocada pela ganância e especulação do sistema financeiro.

A comitiva do BE pode verificar no local a solidariedade de muitos outros camionistas e outros condutores que se manifestavam com buzinadelas.

O BE manifestou a sua solidariedade para com estes trabalhadores que lutam pela legítima dignidade de um trabalho que se reveste de uma particular importância, uma vez que está também a causa a segurança rodoviária de todos nós.

A luta destes trabalhadores e de todos aqueles que neste momento lutam por melhores condições de vida, mostra a necessidade de derrotar esta política de austeridade, implementada pelo governo PSD/CDS e criar uma alternativa concreta de governação.