Share |

Direita manifesta desprezo pelo estado da VIM

O Bloco de Esquerda, na discussão do Orçamento e Plano para este ano de 2016, apresentou à Câmara Municipal uma proposta de requalificação no traçado da VIM (Via Intermunicipal) no trajeto que atravessa o concelho de V. N. de Famalicão, uma vez que esta via é agora da responsabilidade dos municípios que atravessa.

Dada a perigosidade da via e o seu estado de degradação, outros municípios avançaram já com uma requalificação que manifestamente melhora as condições da mesma.

Apesar de ser em território famalicense que ocorrem mais acidentes e com maior gravidade, nomeadamente nos cruzamentos de Riba de Ave e Oliveira S. Maria, a Câmara Municipal de V. N. de Famalicão limita-se a pequenos arranjos no piso e na sinalética, que, passado pouco tempo voltam a estar degradados, como acontece de novo agora.

Perante esta necessidade, o Bloco de Esquerda apresentou na última reunião da Assembleia Municipal uma moção a recomendar que a Câmara Municipal avance com as obras necessárias a garantir a segurança naquela via à semelhança dos municípios vizinhos.

Curiosamente, a proposta foi chumbada pela direita maioritária na Assembleia, alegando serem suficientes os pequenos arranjos já efetuados.

PSD e CDS preferem que a Câmara Municipal continue a esbanjar os recursos financeiros do município em visitas, propaganda e negociatas em vez de dar prioridade à segurança e a criar melhores condições de circulação na VIM e em muitas outras vias do nosso concelho que se encontram em mau estado.

O Bloco de Esquerda continuará determinado em responder às reais necessidades das populações contra o populismo e a demagogia da direita.